FIETO

Em defesa dos interesses da indústria tocantinense

Palmas, 22 de outubro de 2018 09:07

 

Notícia

Dia da Indústria é comemorado com palestra sobre inovação para segmento de Madeira e Móveis

25/05/2018 - 18h37
 
 
Foto: divulgação
Ampliar imagem Inovação foi abordada em palestra

Palestra foi oferecida por meio da parceria entre SENAI e Sebrae com apoio do SIMAM/TO.

 

Empresários do segmento de Madeira e Móveis comemoraram o Dia da Indústria, 25 de maio, buscando conhecimento sobre inovação em palestra realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Sebrae Tocantins nesta sexta em Palmas. Quem falou sobre o assunto foi o professor universitário, designer e CEO do Palestras & Conteúdo, Marcos Batista.

Presidente do Sindicato das Indústrias da Madeira e do Mobiliário (SIMAM/TO), Geová de Mendonça, destacou a importância do trabalho conjunto entre Sebrae e SENAI para atendimento ao segmento que representa. “O SIMAM sozinho não tem essa força, mas quando une a força dessas instituições as coisas acontecem”, disse Mendonça.

A diretora do SENAI, Márcia Rodrigues, reforçou a intenção de homenagear o segmento industrial oferecendo conhecimento. “Desenvolvimento só acontece quando a gente busca fazer a coisa certa e empreender buscando conhecimento. Hoje é dia destas pessoas que investiram seu sonho e seu capital e fazem o nosso estado produzir”, pontuou. 

A importância da inovação também nos pequenos negócios foi destacada pelo superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Hennemann, que apresentou aos empresários presentes o site FEITO no Tocantins lançado esta semana para a promoção de negócios por meio de uma vitrine virtual gratuita aos empreendedores que fabricam produtos no Tocantins.

Aos empresários, o palestrante falou sobre a necessidade de trabalhar a cultura da inovação nas empresas, nas pessoas, antes mesmo de direcionar grandes investimentos financeiros. “O importante quando se fala de inovação é que o empresário entenda qual é a cultura de inovação...mais do que falar de inovação é a preparação da cultura do colaborador, do funcionário, do empresário do setor para que ele entenda como ele se posiciona frente a essas novas eras”, explicou.

Ao avaliar a sobrevivência das empresas que não inovam, Batista considera que a sobrevida será cada vez menor se o empresário não acompanhar as transformações do mercado, seja estabelecendo networking, colaborando ou se articulando. “Se mudar o pensamento para estar inserido nessa nova economia bem. Se não mudar, tende a morrer”, explicou o palestrante.  

 

Serviço: Assessoria de Imprensa SENAI (63) 3229-5775

 

 

 


 
 
 
104 Sul, Rua SE 03 Lote 34 A, Ed. Armando Monteiro Neto - Plano Diretor Sul, Palmas - TO CEP: 77.020-016 Tel.: +55 63 3229-5700