FIETO

Em defesa dos interesses da indústria tocantinense

Palmas, 04 de julho de 2020 06:09

 

Notícia

Sondagem industrial da FIETO mostra impactos da pandemia na indústria

29/04/2020 - 12h44
 
 
Foto: pixabay - banco de imagens gratuito

Indicadores em queda são resultado da paralisação da atividade econômica e cenário de incertezas.

A paralisação da economia e da indústria tocantinense causada pela pandemia da covid-19 pode ser vista nos indicadores da pesquisa Sondagem Industrial deste 1º trimestre de 2020. Realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 29/04, mostra queda da atividade produtiva, de indicadores como a utilização da capacidade instalada e número de empregados no segmento.

Ao analisar, por meio de questionários online respondidos por empresários da indústria do Tocantins, como está a evolução do Número de Empregados no segmento a Sondagem chegou a pontuação de 45 pontos. O resultado é igual ao alcançado no trimestre anterior. Isto indica que houve uma queda semelhante no número de empregados nos dois últimos trimestres pesquisados. Por outro lado, ao se manter estável mostra um esforço do empresariado da indústria em manter a mão de obra empregada.

Segundo a pesquisa, “o indicador de Acesso ao Crédito permaneceu estável em relação ao 4º trimestre de 2019 (33 pontos). Apesar da disponibilidade de novas linhas de crédito para enfrentamento aos impactos da Covid-19, os empresários ainda apontaram dificuldades na obtenção de recursos”. 

O nível de atividade produtiva mostrava sinais de recuperação no 4º trimestre de 2019 (47 pontos) com indicador próximo aos 50 pontos. No entanto, apresentou queda de 5 pontos neste 1º trimestre influenciado pela pandemia registrando 42 pontos.  

Um dos resultados mais impactados foi a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) do período que ao cair para 58% atingiu o menor nível desde março/2017 registrado na pesquisa. A dificuldade em relação ao cenário financeiro das empresas acompanha essa marca negativa visto que os indicadores de Satisfação com a Margem de Lucro Operacional e com a Situação Financeira registraram o menor valor desde o 1º trimestre de 2017 com 36 e 37 pontos, respectivamente, evidenciando a insatisfação dos empresários com as condições financeiras de suas indústrias (abaixo de 50 pontos).

 A pesquisa está publicada no site www.fieto.com.br link Estudos e Pesquisas.

Serviço: Assessoria de Imprensa FIETO

 

 

 


 
 
 
104 Sul, Rua SE 03 Lote 34 A, Ed. Armando Monteiro Neto - Plano Diretor Sul, Palmas - TO CEP: 77.020-016 Tel.: +55 63 3229-5700