FIETO

Em defesa dos interesses da indústria tocantinense

Palmas, 06 de abril de 2020 12:12

 

Notícia

FIETO encerra atendimento ao setor automotivo de Palmas

19/02/2020 - 10h06
 
 
Foto: Adilvan Nogueira

Atendimento em consultoria e capacitação profissionalizante para o setor automotivo foi realizado durante 10 meses pela Unidade de Desenvolvimento Industrial da FIETO, por meio do Programa de Apoio à Competividade das Micros e Pequenas Indústrias - Procompi

Com resultados considerados relevantes pela consultora Miriam Holanda, que conduziu o projeto, iniciado em abril do ano passado, 19 empresas do setor automotivo de Palmas concluíram todas as etapas do programa, que encerrou suas atividades na noite dessa terça-feira, 18, durante evento realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins – FIETO.

Foram 766 horas de consultorias em produção e gestão de oficinas, incluindo cursos ofertados para os mecânicos e suas equipes operacionais, por eles mesmos escolhidos, totalmente dedicadas ao desenvolvimento e capacitação profissional. Aumento de faturamento, de produtividade, redução dos custos de operação, entre outros, foram alguns dos resultados alcançados pelas empresas automotivas de Palmas que participaram do programa.

A consultora Miriam Holanda explicou que durante as consultorias foram propostos vários planos de ação, muitos deles estão com 80% implementados e outros ainda no caminho, e que mesmo com o encerramento do programa o monitoramento das empresas prossegue. “Vamos continuar investindo em consultorias e acompanhamento na gestão do negócio, ou seja, no operacional, financeiro e em planejamentos estratégicos que são muito importantes para esse segmento”, afirmou.

Holanda considera o Procompi uma porta aberta para o desenvolvimento de setores específicos da economia local. “Ele trabalha um setor produtivo inteiro e isso é muito bom porque promove o relacionamento entre as empresas. Elas descobrem que não são concorrentes e sim parceiras, e isso faz com que o setor se desenvolva como um todo”, acrescentou.

Para o empresário Ivo César, da Retífica Bandeirantes, uma das empresas participantes do Procompi Automotivo, as consultorias foram de grande valia, pois tanto ele como os seus funcionários tiveram ganhos significativos. “Tudo melhorou depois da capacitação. Sem ela não é possível funcionar. Profissional treinado para executar o seu serviço e atender bem o cliente é fundamental em qualquer empresa”, destacou.

Mairã Machado também avaliou positivamente o programa. “Foi muito importante para a minha empresa e para o segmento de um modo geral. Estamos mais preparados para atender os clientes e continuar buscando inovação”, assegurou o empresário, acrescentando que o foco do programa na parte administrativa da empresa, nos custos operacionais, hora técnica, custo de aluguel e de funcionários foi o que mais chamou sua atenção. “Foi uma verdadeira aula sobre tudo isso e mais algumas coisas”, concluiu.

O Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias é uma parceria entre a Confederação Nacional da Indústria – CNI e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para elevar a competitividade das empresas industriais de menor porte. Por meio de projetos submetidos por federações estaduais de indústrias e unidades do Sebrae, grupos de empresas de pequeno porte do mesmo setor recebem capacitação e consultoria para alavancar a produtividade e eficiência nos negócios.

Por Júnior Veras

Serviço: Assessoria de Imprensa FIETO: (63) 3229-5775

 

 

 

 

 

 


 
 
 
104 Sul, Rua SE 03 Lote 34 A, Ed. Armando Monteiro Neto - Plano Diretor Sul, Palmas - TO CEP: 77.020-016 Tel.: +55 63 3229-5700